terça-feira, 11 de março de 2008

Santa Piada

São José, na Grande Florianópolis, tem um novo santo protetor: São João. É o poder público zombando da cidade.

É que a estátua do padroeiro, São José, que enfeita a Avenida Beira Mar, foi decapitada. Não há mais cabeça e muito menos o menino Jesus que estava no colo da imagem. Só resta saber quem é a Salomé da historia. Quem cometeu o capricho de permitir que se decepasse o coitado do santo.
Mas esse é só um símbolo do descaso com o dinheiro público. Há uma coleção deles. Ao caminhar pela Beira Mar é bom se cuidar para não tropeçar no matagal e na sujeira.
No centro da área, banhada por uma baía poluída, foi montada uma pista de Motocross - utilizada uma vez ao ano. Acho até que deveriam usar mais aquilo. Quem sabe as pessoas deixam de caminhar e vão com suas motocicletas para saltar, enfim, praticar algo mais radical. A prefeitura pensou nos cidadãos. Esses cidadãos é que não se espertam. É tão simples. Pega a cegezinha e vai saltar pô!
Dá até para velejar. Ao lado de da pista, agora, tem um lago. Coisa linda. Um lago natural formado por água da chuva depositada nos buracos feitos pelo relaxo. Novamente o povo não vê o lado positivo. Pára de reclamar, pega um caiaque, um barquinho à vela, e vai aproveitar a vida. Esporte náutico, além de saudável, é chique.
E, depois de tanto esforço físico - correr, saltar, nadar, remar, ufa! Cansa, mas, saúde é saúde! Vá até o primeiro aparelho, ao lado das quadras de areia (só são de areia porque não precisa manutenção), e faça uns alongamentos. Alongar é preciso. Só que antes você terá que juntar as estruturas apodrecidas, enferrujadas, que estão jogadas no meio do mato. Mas é simples. Junte-as e encoste-as em um daqueles postes do estacionamento. Cuidado para não derrubar sobre as pernas. Olha o tétano.
Estique as pernas – espera um pouco. Ande alguns metros, peça para as pessoas que fumam maconha ali no estacionamento darem um tempo porque você precisa respirar. Se você tiver sorte e a Guarda Municipal ou a PM estiverem por ali será mais fácil. Mas não conte com isso. Você estará só.
Após alertar o maconheiro mais próximo, continue seu exercício. Só faça um favor. Deixe tudo organizado porque alguém pode querer usar mais tarde. Quem sabe as bactérias (nas barras de ferro), os mosquitos da dengue (na lagoa natural), os ratos e baratas na prefeit... digo, nos bueiros.......ou até mesmo você no dia seguinte.

3 comentários:

Adriano disse...

ahahahahahaha

muito bom!!!!

mas coitado dos maconheiros, que foram jogados na mesma vala comum que os ratos e baratas que vivem na pref...ops! nos bueiros.

Marco Antonio Zanfra disse...

Fabiano acaba de calar a boca desses mal-amados que dizem que a imprensa só sabe criticar: até buracos, ferrugem, água parada, ratos, baratas e maconheiros têm seu lado positivo, pô!

Fabiano Marques disse...

hehehe então vamos reconsiderar algumas questões subjetivas. hehehe