segunda-feira, 28 de abril de 2008

Cama rrrrredondinha!


E se foi assim?

No motel.

Ronaldo: - Oi, tudo bem? Eu sou o RRRRRRonaldo!

Travesti: - Oi xará!
Ronaldo: - Xará?
Travesti: - Bem, mais ou menos. Eu sou o RRRRRRonaldão e você é o Ronaldinho.
Ronaldo: -Ronaldinho não. Ele é gaúcho. Eu sou só Ronaldo. Se bem que eu gostaria de ser gaúcho, de Pelotas.
Nesse momento ouvem-se risos de taquara rachada na ante-sala da suíte. São mais duas, ou melhor, dois gogós que se apresentam para o jogo.
Elas, saltitantes, chegam com voz de tenor:
- Prazer, Jacinta! Jacinta tudo bofe!
- Prazer rrrredondinho, sou a Elvira. Mas você também vira, ok?
Ronaldo: - Tá, e como vai ser?
Traveco: - Xará, tenho uma idéia. Você é camisa 9. Eu, lá em Bento Ribeiro, sou camisa 6.
Ronaldo: - Ih, mas são três e eu acabo de fazer uma cirurgia no joelho....
Elvira: - Ih, eu operei as hemorróidas, mas, pensando bem, tô zerinho.
Jacinta: - Ei! Primeiro eu!
Ronaldo: - Não,eu!
Traveco: - Os três!
Elvira: - Polícia! Polícia!!

Na delegacia.

Ronaldo: - Delegado, foi uma tentativa de...de....de....advogado, tentativa do que mesmo?
Advogado: - Extorsão, Ronaldo.
Ronaldo: - Então, doutor delegado, extorsão. Eles queriam conseguir uma coisa minha que eu não mostro pra quase ninguém. Só para os titulares. Os reservas me deixam meio tonto, sabe. Dá uma espécie de convulsão. E aquele grandão ali ó, queria extorquir primeiro. Lá na Europa o povo é mais educado. No máximo, dá uma torção na rótula. Calma doutor, é na rótula do joelho, que é menos flexível.

7 comentários:

Marco Antonio Zanfra disse...

Pois é, e você viu a cara do tal que tentou a - como é mesmo, advogado? - a "extorsão"? E, como o delegado disse que o Rrrrronaldo não apresentava sinais de embriaguez, ele estava plenamente consciente do que ia encontrar no meio das pernas de suas "companheiras de folguedos". Vá entender. Milene Macedo tem uma vozinha irritante, mas é ainda muito melhor do que qualquer traveco.

thiagoCeles disse...

hahaha
sensacionalllll

vera regina disse...

de tudo isso o que mais achei impressionante foi a desculpa que ele deu: " estava deprimido e precisava desabafar com alguém, por isto fui atrás de garotas de programa". Como dizem os manezinhos "poxxx agora, nêgo".
E o estilo do motel, hein, couusa fina...
vera maria.

Thamy disse...

Sempre desconfiei desse povo do futebol (ahahah.. calma, brincadeira). Desconfio mais do povo do judô, na verdade (brincadeira número II.. hihihi).
Talvez ele estivesse procurando por uma relação honesta...

Thamy disse...

Ah! Adiciona logo um RSS no teu blog...

Ligia Gastaldi disse...

É difícil ser famoso!!! Não s epode nem ter seus desejos saciados em paz....kkkkkkkk

Anônimo disse...

Fabiano, voce mandou bem! Esses manes que fazem a alegrias dos cronistas :)
Mas qual seria o acordo, ele iria de quê: de comedor ou de boneca?
Muito engracado!
Cintia